Notícias

Participação do MÓDULO no Projeto Social Analfabetismo Zero


19
dezembro 2018

Ao longo do segundo semestre de 2018, os estudantes de Pedagogia do MÓDULO, participaram do Projeto Analfabetismo Zero, idealizado por professores da Instituição e coordenado pela Profa. Dra. Divina de Fátima dos Santos, que contou com o apoio e parceria da Diocese de Caraguatatuba. Participaram na condição de professores estagiários e voluntários, os estudantes do quinto e sexto semestre do curso de Pedagogia.

O projeto é um trabalho piloto que teve como objetivo ir até as comunidades, a fim de facilitar a busca por jovens adultos dispostos a se alfabetizarem. O foco do projeto foi trabalhar o ensino fundamental das séries iniciais para alunos analfabetos ou semi-alfabetizados. Houve uma grande demanda de alunos nessa condição e por isso, pode-se dizer que o projeto foi um grande sucesso, principalmente no Bairro da Olaria.

Os estudantes que participaram desta atividade sentiram-se realizados e muito felizes. Como na grade curricular do curso existe a disciplina de EJA (Educação de Jovens e Adultos), os graduandos puderam aplicar a teoria aprendida na sala de aula ao entrar em contato com os alunos adultos da comunidade.

Alguns graduandos, já na condição de professores da EJA, disseram que aprenderam muito com a experiência, além do amadurecimento que obtiveram na convivência com pessoas de diferentes regiões do país. Isso porque ao conhecerem as histórias de vida, particularidades e obstáculos que infelizmente atrasaram os estudos dessas pessoas, os graduandos adquiriam uma bagagem e vivência que nenhuma sala de aula conseguiria passar.

É importante destacar que toda a metodologia aplicada para o público adulto em fase de alfabetização, é baseada no Método de Paulo Freire, amplamente estudado no Módulo, a fim de facilitar o aprendizado dos alunos da EJA. Lembrando que o diálogo entre os professores e alunos favoreceu na preparação do material aplicado em aula.

Para encerrar o semestre, todos os estudantes, tanto os da graduação quanto os moradores das comunidades em processo de alfabetização, promoveram um lanche comunitário para confraternização e despedida.

Deixamos aqui nosso convite para que o projeto retorne com ainda mais alunos em 2019 e agradecemos a todos que gentilmente cederam seus espaços (Paróquias Santa Terezinha, em Martim de Sá; São José, em Morro do Algodão; São João Batista, em Poiares; e a Capela de São Benedito, em Olaria) e auxiliaram na divulgação do curso.

Veja algumas  fotos do projeto :